Crônicas d’O Escolhido de Deus. Parte Um. Episódio 2: As aspas d’O Tribunal Intergaláctico

Publicado: 3 de janeiro de 2012 por Bill em o Universo
Tags:

Numa galáxia muito, muito distante, onde o tempo passa muito, muito mais devagar por conta da proximidade com um buraco negro, existe o Tribunal Intergaláctico. O Tribunal é formado por uma espécie de fótons ultra-leves, conhecido como “Equilibrista” numa tradução literal, como “Juízes” numa tradução grosseira, como “Anjos” ou “Deus” numa tradução mais livre e romântica e, ainda, como “Vetor” numa tradução de alguém que não é tradutor. “O“s “Vetor“es julga”m” os “ser“es “do” “Universo“. Certa vez, um “defensor” perguntou a ele quem deu esse direito a eles. o vetor perguntou o que seria esse “direito“. O defensor não soube explicar direito o que seria o tal direito, mas disse que ele não tinham o direito de julgar ninguém. Então os vetores perguntou quem lhe deu o direito de impedir que ele não o julgassem. De acordo com um principio cultural dos seres do réu, eles foram condenados por “precipitação”.

O “ser” humano da Terra, João, foi o escolhido para defender a humanidade diante do Tribunal Intergaláctico e estava enchendo a cara num bar por aí.

Anúncios

Comente! Quebre as leis!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s