Cacos

Publicado: 9 de dezembro de 2013 por Bill em Tudo Mais

Sou todo pedaços pelo chão

Por mais que tente remendar

um sopro

basta um sopro

e sou desfeito novamente

Não adianta chorar

A mão que me solta com violenta insensibilidade, simplesmente me largou

e, sou

essa figura melancólica

que cai

despedaçada, antes mesmo de chegar ao chão

Machuco a mão que tenta recolher os cacos de mim

Será a mesma que me esnobou?

Não sei

Você acredita, acredita de verdade que é alguma coisa

alguma coisa importante

mas no fim

ali, no chão

Você vê o que realmente é

lixo, consumido, usado, desprezado

descartável

esquecido

Anúncios

Comente! Quebre as leis!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s