Um domingo de manhã

Publicado: 23 de agosto de 2014 por Bill em Tudo Mais

Nem sei direito se acordei,

nem sei se peguei o telefone ou ele já estava aqui sob o travesseiro.

Não sei se senti o frio escorrer pela janela quando estiquei os dedos para discar seu número.

Não sei.

Quando dei por mim já ouvia sua voz de sono do outro lado.

Foi mal se te acordei, desligue e volte a dormir…

Ah, depois me ligue aqui.

Olho para o teto gelado.

Choro pensando no quão ridículo é o amor.

Eu realmente estou feliz por ter escutado sua voz.

Deus, eu nem sei o que faria.

Qualquer coisa, sem você

Me causaria tédio.

Sei que a música soa melosa, mas não podia deixar de partilhar dessa ode aos românticos inveterados.

 

Anúncios

Comente! Quebre as leis!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s