Ninguém podia ver a cor azul até os tempos modernos

Publicado: 4 de março de 2015 por Bill em Tudo Mais

Você está olhando atentamente?

Além do Laboratório

Por Kevin Loria

Fonte: Business Insider Fonte: Business Insider

Esta não é uma história sobre este vestido. Ou, ao menos, não é realmente sobre ele.

É sobre como os humanos vêem o mundo, e sobre como nós temos maneiras de descrever as coisas, mesmo sendo elas tão fundamentais como cores, que muitas vezes nem notamos que existem.

Até pouco tempo atrás na história da humanidade, o “azul” não existia, pelo menos não da maneira como compreendemos ele hoje.

Como o ótimo episódio “colors” do Radiolab descreve, as línguas antigas não tinham uma palavra para descrever a cor azul. Nem em grego, nem em chinês, nem em japonês e nem em hebraico. E, sem uma palavra para a cor, não há evidências de que eles identificavam a cor azul de fato.

Como Nós Percebemos que estava faltando o azul

Na Odisséia, há uma descrição famosa de Homero: “mar cor de vinho”. Mas por…

Ver o post original 1.037 mais palavras

Anúncios

Comente! Quebre as leis!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s