A adaga dos covardes, ou, O limite da imbecilidade direitista

Publicado: 17 de março de 2015 por Bill em Tudo Mais

Discordo em vários pontos, mas sobretudo quanto ao perfil do eleitorado brasileiro. Como brasiliense sei muito bem o que é o antipetismo e sei que ele se infiltra diariamente nas casas de milhões de brasileiros pelo jornal nacional. É um erro crasso a meu ver pressupor que a população brasileira é progressista, não é, de jeito nenhum. Votou no lula porque ele se comprometeu em seguir as regras capitalistas e o governo fhc sofria um intenso desgaste. Continuou votando no pt porque identificou significativas melhoras em sua vida, e estou falando de gente que não votou no pt em 2002. É só comparar os mapas eleitorais. Agora uma guinada a esquerda, como quer a militância (eu, inclusive) é no cenário atual impossível. É por isso que os partidos de esquerda em geral se mostram tão insignificantes eleitoralmente, não compreendem o perfil ideológico da população brasileira exemplificada no sr barbeiro. Não entendem que é preciso ir com calma, pq a direita quer derrubar, sempre. Só que agora conta com um desgaste de 10 anos e um lamentável caso de corrupção. Mas ainda que discorde, não deixa de ser uma senhora análise do nosso momento político

Blog da Boitempo

15 03 17 Mauro Iasi LimitesPor Mauro Luis Iasi. 

Um amigo libanês, pintor de primeira e bruxo militante, mostrou-me certa vez uma adaga em uma bainha de prata ricamente trabalhada com uma inscrição em árabe que ele traduziu. A frase alertava ao portador da arma que seria sábio quem não a desembainhasse, mas aquele que o fizesse não usando a arma seria um covarde.

A delicada conjuntura em que nos encontramos está cheia de blefes, o que torna difícil a análise. A direita ameaça com o impedimento da presidente, um ex-presidente ameaça colocar o “exercito” de outros para defender o seu governo, outro ex-presidente tece pendores democráticos e de respeito a legalidade enquanto seu partido conspira na direção oposta.

Como sempre, para superar a borbulha enganosa da aparência, é necessário descer às determinações de classe e aos interesses em jogo.

[TRÊS BLEFES]

O equilíbrio do governo de pacto social sempre foi difícil uma…

Ver o post original 3.207 mais palavras

Anúncios

Comente! Quebre as leis!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s